Técnicas de Parkour Aplicada a Dança – Crato (CE)

Projeto: Técnicas de Parkour Aplicada a Dança – Crato (CE)

Proponente e colaboradores: Altalita Tavares, Sinésia Ventura e Thiago Gabriel

Resumo do projeto:
O projeto é uma proposta de pesquisa em dança que utilizará das técnicas de Parkour como forma de explorar e desafiar os limites do corpo, procurando dar forma e ressignificado aos espaços e aos movimentos.  Busco fazer uma fusão dessa manifestação corporal com a dança, tentando descobrir as possibilidades de movimentação e de resistência física existentes no corpo do bailarino.

Tutores: Vanilton Lakka e Índio Medeiros

Minibios:
Lakka é doutorando em Artes Cênicas no PPGAC-UFBA -Universidade Federal da Bahia e professor na graduação de dança UFU (Universidade Federal de Uberlândia). Criador-intérprete premiado pela APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes (2005), atua com produção cultural, criação, interpretação e pesquisa em dança desde 1991. Sua formação é marcada pela vivência nos universos da Dança de Rua e da Dança Contemporânea. Suas criações coreográficas destacam questões referentes ao uso de técnicas corporais, a formatação de trabalhos de dança em diferentes suportes e a exploração da relação arte-cidade no ambiente urbano, com foco na criação e na formação. Apresentou-se e ministrou oficinas em diversas cidades brasileiras e em mais 17 países da América Latina, Europa e África, tais como Peru, Espanha, Cabo Verde, Cuba, Portugal, Uruguai, Venezuela, França, Holanda, Suíça, Suécia, Alemanha, México, Colômbia, Costa Rica, Cuba dentre outros. Lakka mantém carreira solo e desenvolve propostas com artistas colabores independentes.
Índio Medeiros é artista da Dança há 16 anos, soteropolitano, licenciado, bacharelando e se especializando em estudos contemporâneos em Dança na Universidade Federal da Bahia (UFBA). Teve o início da sua carreia com a Dança de Rua, onde permaneceu por 10 anos ministrando cursos, oficinas e eventos em Salvador/Ba. Trabalhou com o Grupo de Dança Contemporânea da UFBA, Grupo Gestus e a Cia de Dança Robson Correia. É membro do Políticas e Processos Corporeográficos e Educacionais em Dança (PROCEDA), Núcleo de Inovação Tecnológica em Reabilitação (NITRE) e do Parkour Salvador. Atualmente investiga a temática corpo-ambiente com recorte sobre o encontro entre a Dança e o Parkour.