São Paulo e Portugal recebem espetáculos de teatro desenvolvidos no Porto Iracema das Artes 

Espetáculo “Price World ou sociedade a preço de banana”, do EmFoco Grupo de Teatro

Grupos das primeiras turmas do Laboratório de Pesquisa Teatral e do projeto Criadores em Cena se apresentam em São Paulo e em Portugal com espetáculos desenvolvidos durante a formação na escola

O EmFoco Grupo de Teatro é um dos três projetos selecionados em nível nacional para o 32º Festival Nacional de Teatro do Vale do Paraíba (Festivale 2017), que acontece na cidade de São José dos Campos, São Paulo, do dia 5 a 10 de setembro. O grupo irá apresentar “Price World ou sociedade a preço de banana”, espetáculo produzido durante sua passagem, em 2013, pelo Laboratório de Pesquisa Teatral do Porto. E o Coletivo Soul, que também passou pela escola, estreia em Portugal a peça “Un-dead: Desmortais do Inominável”, elaborada no Criadores em Cena, realizado em 2015.

Formado em 2009 por quatro alunos do Curso de Licenciatura em Teatro, do Instituto Federal do Ceará (IFCE), o EmFoco Grupo de Teatro surgiu com a ideia de pensar o teatro fora da cena convencional. Em 2013, os integrantes passaram pela formação no Porto Iracema e, como resultado, surgiu o “Price World”. O espetáculo é baseado em três questões presentes na sociedade contemporânea: a ideia da sociedade do controle, tese do filósofo Michel Foucault; a ideia da sociedade do espetáculo, baseada no livro homônimo de Guy Debord; e a ideia de sociedade do consumo, de Pierre Bourdieu.

É a primeira vez que o grupo participa do Festivale. Ao todo, foram selecionados 17 grupos, sendo seis da cidade de São José dos Campos, oito do estado de São Paulo e três de outros estados do Brasil. O EmFoco é o único grupo do Nordeste entre os selecionados e se apresenta no dia 9 de setembro. O grupo é composto por Eduardo Bruno, Lyvia Marianne, Marie Auip e Dyhego Martins.

ESTREIA INTERNACIONAL

Já o Coletivo Soul está a caminho de Portugal, depois de passar por outros países europeus, como Romênia, Alemanha e França, onde o grupo apresentou pequenos trechos, leituras abertas e experimentos cênicos da peça “Un-dead: Desmortais do Inominável”. O trabalho ainda está em processo de montagem e estreia em novembro, na Universidade de Coimbra.

O projeto Un-dead começou no Porto Iracema das Artes a partir da participação do grupo na primeira turma do projeto Criadores em Cena, em 2015, com colaboração do diretor de teatro e também integrante do coletivo, Thiago Arrais. A formação durou sete semanas, num regime de trabalho intenso de segunda à sexta-feira. Ao final, como resultado, houve a apresentação de uma parte preliminar de um capítulo do romance Drácula, com dramaturgia de Adriano Cartapacio.

Em 2016, o projeto Un-dead foi um dos 117 contemplados pelo Rumos Itaú Cultural 2015-2016 e o único do Ceará em linguagem teatral. O Rumos é um dos mais importantes editais públicos de fomento ao desenvolvimento de projetos nas mais diversas áreas de expressão ou pesquisa artística e cultural.

Espetáculo “Un-dead: Desortais do Inominável”, do Coletivo Soul

O diretor da peça, Thiago Arrais, relata que Un-dead nasceu do interesse pelo mistério e pelas relações ancestrais que o teatro tem com a magia, com o rito, e do homem diante disso tudo. “Nós montamos um grupo que se interessava pelas dimensões poética, ritualística, pela dimensão do teatro e pelas muitas possibilidades que se podem extrair daí. Então, nesse processo no Porto Iracema, descobrimos que o irlandês Bram Stoker tinha uma peça chamada Dracula or the Un-dead, que jamais havia sido encenada no Brasil e resolvemos trabalhar com ela. Nos pareceu muito interessante”, explica Arrais.

A peça estreia no dia 15 de novembro, no Teatro Académico Gil Vicente, em co-produção com a Universidade de Coimbra, em Portugal. A previsão de estreia no Brasil é de janeiro de 2018, numa parceria com o Theatro José de Alencar.

SOBRE OS ESPETÁCULOS

Price world é o nome da cidade e a peça é uma analogia aos ônibus turísticos de Londres. Ela é encenada dentro de um ônibus que transita pela cidade à procura de pontos que simbolizam as ideias sobre as quais a peça se baseia: o espetáculo, o consumo e o controle. Durante a apresentação, o público entra no ônibus e vai seguindo o percurso com os atores. Há também cenas que ocorrem fora do veículo.

 “Un-dead: Desmortais do Inominável” é baseada na obra “Dracula or the Un-dead – A Play in Prologue and Five Acts”, de Bram Stocker. O tema é o mesmo do romance Drácula, mas revertido para o teatro. O elenco é formado por Andy Mawun, Edicleison Freitas, Evan Teixeira, Georgia Dielle, Janaina Marcout e Magno Carvalho (que também é produtor-executivo). A peça tem Thiago Arrais na direção e André Moura Lopes, na direção de vídeo. Há três colaborações externas de pessoas que não participaram do Criadores em Cena. Alexandre dal Farra, que mora em São Paulo, e Patrícia Portela, que mora em Portugal, colaboram na dramaturgia; e Julian Abramavav, que mora na Holanda, é o responsável pela direção musical.

 

SERVIÇO

O que: Apresentação do espetáculo “Price World ou sociedade a preço de banana”, do EmFoco Grupo de Teatro
Quando: 9 de setembro
Onde: Festivale –  Festival Nacional de Teatro do Vale do Paraíba 2017 – São José dos Campos/SP

O que: Estreia da peça “Un-dead: Desmortais do Inominável”, do Coletivo Soul
Quando: 15 de novembro
Onde: Teatro Académico Gil Vicente – Universidade de Coimbra (Portugal)