Roda de conversa no Porto Iracema discute teatro em tempos de exceção

Foto: Té Pinheiro

Atividade acontece no dia 18 de setembro e conta com participação de Oswald Barroso, Thais Paz e Fernando Piancó

Em tempos de exceção, vivenciar o teatro torna-se ainda mais desafiador. E para partilhar memórias, experiências e discussões, o Porto Iracema das Artes realiza a roda de conversa “Viver o teatro em tempos de exceção”, no dia 18 de setembro, às 18h, no Pátio da Escola. A atividade contará com a participação do professor e pesquisador Oswald Barroso, da professora e arte-educadora Thais Paz e do ator, diretor, produtor e gestor cultural Fernando Piancó.

O encontro é espaço de aproximação dos que vivem o teatro hoje cientes da importância do passado para a discussão do presente, assim como para a construção coletiva e criativa do porvir.

A atividade, organizada pelos Cursos Básicos de Artes Cênicas, é gratuita e aberta a todo o público interessado na temática.

Sobre os convidados
Oswald Barroso
Possui graduação em Comunicação Social pela Universidade Federal do Ceará (1986), mestrado (1997) e doutorado (2007) em Sociologia pela mesma Universidade e pós-doutorado em Teatro, concluído na Escola de Teatro da UNIRIO com o projeto “A máscara e sua performance no nordeste brasileiro” (2014). Trabalhou como ator, encenador e dramaturgo durante 35 anos nos grupos Grita, Cia. Boca Rica e Teatro de Caretas. Participou, como professor bolsista, do Curso de Especialização em Cultura do Campo da Universidade Federal do Cariri (UFCA). Atualmente é professor da Universidade Estadual do Ceará (Uece) e pesquisador do NEPAA – Núcleo de Estudos das Performances Afro-Ameríndias da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UFRJ). É também membro da Academia Ibérica de Máscaras, sediada em Bragança, Portugal.

Thais Paz
Mestra em História e Culturas (2018) pela Universidade Estadual do Ceará (Uece), Thais Paz é especialista em História do Brasil, com ênfase em história do Ceará (2016), pela Universidade do Vale do Acaraú (UVA). Com graduações na área de história e teatro (2011 e 2017), já trabalhou como produtora, arte-educadora e educadora de espaços museológicos. Professora de história e teatro desde 2007, atualmente desenvolve trabalhos na área artística e de produção cultural, bem como coordena o setor de artes do colégio Canarinho.

Fernando Piancó
Ator, diretor, produtor e gestor cultural, locutor e mestre de cerimônia. Foi Secretário de Cultura do Crato, Diretor do Theatro José de Alencar, Supervisor do Núcleo de Patrimônio Imaterial da SECULT-CE, coordenador do Bureau de Artes Cênicas, Coordenador de Teatro e Circo da SECULTFOR, avaliador de projetos e curador de instituições como: PETROBRAS, FUNARTE, MINC, SESC, SECULTFOR, SECULT-CE, BNB/BNDS, FUNDARPE entre outras. Participou da coordenação de várias edições do Festival Nordestino de Teatro de Guramiranga e da coordenação técnica e produção de várias edições da Mostra SESC Cariri de Cultura. Foi também coordenador de Ação Cultural da SECULT-CE e atualmente é diretor do Teatro Carlos Câmara-TCC.

Sobre a Escola
O Porto Iracema das Artes é uma instituição da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, sob gestão do Instituto Dragão do Mar (IDM). Criada em 29 de agosto de 2013, há seis anos desenvolve processos formativos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Cinema e Teatro, com a oferta de Cursos Básicos e Técnicos, além de Laboratórios de Criação. Todas as ações oferecidas são gratuitas.

Serviço
O quê: Roda de conversa no Porto Iracema discute teatro em tempos de exceção, com Oswald Barroso e Thais Paz
Quando: Quarta-feira, 18 de setembro, às 18h
Onde: Pátio do Porto Iracema das Artes (Rua Dragão do Mar, nº 160 – Praia de Iracema)
GRATUITA

Assessoria de Comunicação Porto Iracema das Artes | Lucas Casemiro
Publicado em 11/09/2019