Porto Iracema em festa

Foto: Joyce S. Vidal

 

No próximo dia 29 de agosto, o Porto Iracema da Artes completa quatro anos de atuação no cenário de formação artística e cultural do Ceará. E, para celebrar, a escola oferece uma programação especial com masterclasses, oficinas, cursos, performances artísticas e shows musicais ao longo de todo o mês. Toda a programação é gratuita e aberta ao público, e inclui Artes Visuais, Audiovisual, Dança, Música e Teatro.

Confira no link abaixo a programação completa:

PROGRAMAÇÃO PORTO IRACEMA DA ARTES (4 ANOS)

 

 

Estamos chegando ao final de agosto, nosso mês de aniversário. A data oficial é na próxima terça-feira (29), mas as atividades não param! Durante todo o mês, a escola, que celebra quatro anos de atuação, ofereceu uma programação especial com masterclasses, oficinas, cursos, performances artísticas e shows musicais. Tudo gratuito e envolvendo Artes Visuais, Audiovisual, Dança, Música e Teatro. Abaixo listamos a programação da quinta e última semana de comemorações.

Veja abaixo a programação completa da semana de 27 a 30 de agosto: 

>>> Nos dias 27, 28 e 30 o Porto abre suas portas para o “IV Encontro de Realizadores de Teatro Infantil de Fortaleza”. Começando as atividades no domingo (27), teremos a palestra “Conceito cultura e infância”, com a cearense Ednéia Quinto “Tutti”, às 17h30min. Já às 18h30min, acontece a mesa “Plano estadual cultura e infância”, com os cearenses Emídio Sanderson e Osiel Gomes.

Dando continuidade ao encontro, na segunda-feira (28), às 19h, representantes dos equipamentos da Secretaria da Cultura do Ceará (SECULT), Prefeitura Municipal de Fortaleza e espaços/equipamentos com atividades voltadas à infância vêm ao Porto Iracema para a mesa “Um olhar sobre as ações e perspectivas a partir do plano estadual Cultura e Infância nos equipamentos culturais da cidade de Fortaleza”.

E, fechando o Encontro, no dia 30 (quarta), às 19h acontece a palestra “Panorama do teatro para a infância no Brasil”, com o paulista Dib Carneiro Neto e o pernambucano Leidson Ferraz.

*Todas as atividades do evento acontecerão no auditório do Porto e são gratuitas.

>>> A terça-feira (29) é um dia mais que especial para todos aqui da escola, porque é o dia em que o Porto Iracema das Artes completa oficialmente quatro anos de atuação no cenário de formação artística e cultural do Ceará. E, para festejar, teremos várias atrações dos projetos de Laboratório de Música do Porto e do Programa de Formação Técnica em Dança.

Às 18h40, para aquecer o público, o Curso Técnico em Dança apresenta a “Ação Dança a Dois”, em que serão apresentados três diferentes ritmos de dança de salão, com a ideia de criar um ambiente de trocas com o público e estímulos para as mais diferentes práticas dançantes.

Às 19h, a Orquestra Popular do Nordeste (OPN) abre os shows. Liderada por Giltácio Santos (clarinetista) e Pedro Madeira (cordas), a OPN mostrará arranjos para obras de compositores cearenses, que formam a base de sua pesquisa do choro e outros formatos. A tutoria é do pianista e arranjador André Mehmari.

Em seguida, às 19h45, o cantor e performer Daniel Peixoto divide o palco com os multi-instrumentistas Ivan Timbó e Paulo T na apresentação do projeto “Iracema Som Sistema”. Sob orientação do tutor DJ Gorky, eles trabalham no repertório da trilogia Tropical Bass, com novas músicas de Daniel e parceiros.

Às 20h30, Eric Barbosa faz experimentações sonoras com o uso de várias formas, como canção, rock e matrizes rítmicas africanas, no projeto “Ode ao Mar Atlântico”. Com os músico-pesquisadores Eduardo Escarpinelli e Éden Barbosa, o projeto tem a tutoria de Arto Lindsay.

E, para finalizar, às 21h15, tem jam session com Sila Crvs A.O.A., de Alvaro Ximenes, Issac Omar e Gabriel Ramos. Os três desenvolvem sua pesquisa em torno das sonoridades com o uso de manipulações do theremin (instrumento russo criado nos anos 30) e programações eletrônicas. Para a criação das obras, inspiram-se na poesia do século XIX e início do século XX. O projeto tem como tutor o curador e produtor carioca  Chico Dub.

A jam session é um espaço seguro para a livre experimentação em dança improvisada. JAM significa Jazz After Midnight. Com os alunos do Curso Técnico em Dança e o projeto Sila-Crvs A.O.A do Laboratório de Música, será possível praticar o contato improvisação. Na Jam, os participantes sempre têm a escolha sobre a forma de começar, como se engajar, como e quando finalizar uma dança.

*Todos os shows acontecerão no pátio do Porto e são abertos ao público.

>>> Fechando as atividades de agosto, na quarta (30), das 9 às 12h, no auditório do Porto, vai acontecer aqui a aula aberta do percurso de “Fotopintura Digital Contemporânea”, que é

ministrado pelo mestre Júlio dos Santos. Tendo como tema os “Aspectos técnicos e (est)éticos da conservação de acervos fotográficos”, a aula vai ter como facilitadora a professora do Departamento de Ciências da Informação da Universidade Federal do Ceará (UFC), Juliana Buse. O acesso é totalmente gratuito e aberto ao público.