Programa de Fotopoéticas

O Programa de Fotopoéticas da Escola Porto Iracema das Artes é uma plataforma de formação, criação e difusão que tem como base a fotografia e sua relação com outros campos de conhecimento e experimentação. Criado em junho de 2018, configura-se como um espaço aberto a diversas experiências artísticas, contemplando atividades que promovem o diálogo entre a fotografia e áreas como a literatura, a pintura, o cinema, a música e o teatro. O Programa de Fotopoéticas está envolvido na concepção, no planejamento e na execução do Fotofestival SOLAR, que integra a política para a fotografia da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, em parceria com o Instituto Dragão do Mar.

Ao participar das formações nesta área, os alunos desenvolvem um senso crítico para refletir sobre a complexidade de viver em uma sociedade saturada de imagens. Além de aprender a ler discursos visuais, também têm a possibilidade de construir as próprias narrativas. Sem separar linguagem e técnica, os alunos têm acesso às diversas possibilidades tecnológicas (câmeras, laboratórios digitais, estúdio fotográfico, ateliê de criação, etc) para experimentação e criação. Os participantes estão aptos a desenvolver processos artísticos e a criar conexões com outros campos da fotografia, como o fotojornalismo, a publicidade, a moda e o registro de eventos sociais, familiares e artísticos, entre outros.

Entre as ações formativas do Fotopoéticas está o percurso de iniciação em Fotografia Digital.

Fotografia Digital

Com 180 horas-aula, este percurso visa apresentar as técnicas de produção de imagens com câmera fotográfica digital, ao mesmo tempo em que busca sensibilizar o olhar dos participantes, estimulando a reflexão crítica sobre seu cotidiano e a produção imagética contemporânea. É composto por cinco módulos:

  • Fotografia Básica: Apresentação das potencialidades da linguagem fotográfica como forma de expressão artística e construção de narrativas. Introdução à câmera fotográfica digital, seus elementos e funções
  • Edição e tratamento digital: Introdução a técnicas de edição com ferramentas digitais a partir de programas como o Photoshop, o Lightroom e o Camera Raw.
  • Áreas de atuação e construção de portfólio: diálogo com profissionais e artistas de diferentes campos de atuação na fotografia, tanto do circuito artístico como áreas afins, para se aproximar de processos criativos e conhecer possibilidades de atuação.
  • Fotografia e linguagem: Aprofundamento da compreensão e da experimentação da linguagem fotográfica e dos processos narrativos na construção de projetos artísticos, a partir do conhecimento de diversos campos da fotografia, suas fronteiras e relações. Perceber as conexões da fotografia com outras linguagens artísticas e campos de conhecimento
  • Edição e projetos expositivos: desenvolvimento e edição de um projeto fotográfico autoral. Investigação de diversas formas de apresentação do projeto (exposição, livro, web, instalação, intervenção urbana). Apresentação dos projetos desenvolvidos.

 


Coordenação

IANA SOARES é jornalista e fotógrafa. Tem Mestrado em Criação Artística Contemporânea pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Barcelona e Especialização em Escrita Literária pelo Centro Universitário Farias Brito. Entre 2009 e 2018, trabalhou no Grupo de Comunicação O POVO, onde foi editora do Núcleo de Imagem e articulista. Fez parte da equipe de criação e coordenação do Fotofestival SOLAR. Atualmente, coordena o Programa de Fotopoéticas da Escola Porto Iracema das Artes.