Porto Iracema realiza discussões online sobre produção em artes visuais durante o isolamento social

A primeira edição será com a artista visual cearense Sy Gomes e dá continuidade às conversas virtuais que vêm ocorrendo no Instagram da Escola

O Porto Iracema das Artes lança mais uma programação de debates no ambiente virtual, desta vez sobre artes visuais. Intitulado “Entre telas – Coexistindo em Casa”, a primeira edição contará com a participação da artista, historiadora e pesquisadora em arte Sy Gomes. A conversa acontece no dia 19 de maio, terça-feira, a partir das 15h no perfil oficial do Instagram do Porto Iracema.

A ação tem como intuito discutir a formação e o processo criativo dos artistas em seus diferentes contextos, especialmente durante o isolamento social. Outro assunto norteador da conversa foi pensado a partir do tema “Poéticas de Coexistência”, que norteia as ações da Escola em 2020.

Nesta primeira edição, a convidada Sy Gomes também traz, além de seu repertório artístico e de pesquisa, o fato de ter sido selecionada recentemente para o Edital Dendicasa da Secult-Ce e para o 71º Salão de Abril. O momento terá mediação de Carolina Vieira, pesquisadora em arte e coordenadora do Curso Básico em Artes Visuais do Porto Iracema das Artes.

A iniciativa deve acontecer semanalmente, sempre às terças-feiras. Assim como a série Conversas Fotopoéticas, que trata sobre fotografia que se iniciou há algumas semanas, a live faz parte das ações da Embarcação das Artes, campanha do Porto Iracema para o período de quarentena.

Sobre a artista

Foto: Matheus Dias (@mdiaspretoo)

Sy Gomes é travesti, historiadora, tem 20 anos, é artista visual, cantora, compositora, performer, pesquisadora da multisensorialidade e do processo sinestésico. Tem dedicado seus dias a ficcionalizar e pensar a partir da afirmação “travestis são como plantas.”. Sendo essa sua principal pesquisa, com mais de 6 obras. Suas demais ações e programas performativos questionam e promovem desprogramação do cotidiano, a criação de uma memória travesti panfletária e a vivência em coletivo. É ministra da Terra Prometida, coletive trans de Fortaleza-CE. Vive para fazer brotar constantemente pedaços de céu e territórios de vida.

Sobre Carolina Vieira

Carolina Vieira é pesquisadora de arte. Está como coordenadora no Programa de Formação Básica em Artes Visuais da Escola Porto Iracema das Artes e como mediadora de grupo de estudos na Galeria Multiarte. Possui mestrado em Teoria e Crítica de Arte pela Escola de Belas Artes da UFMG com apoio da CAPES. Fez especialização em Arte Contemporânea pela PUC-Minas e em Arte e Educação pela UNI7. Atuou em espaços de arte como: Inhotim (MG), MAC (CE), SP-Arte (SP), Caixa Cultural Fortaleza (CE), Espaço Cultural Unifor (CE).

Sobre a Escola

O Porto Iracema das Artes é a escola de formação e criação em artes do Governo do Estado do Ceará, ligada à Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, sob gestão do Instituto Dragão do Mar (IDM). Criada em 29 de agosto de 2013, há seis anos desenvolve processos formativos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Cinema e Teatro, com a oferta de Cursos Básicos e Técnicos, além de Laboratórios de Criação. Todas as ações oferecidas são gratuitas.

SERVIÇO

O quê: Porto Iracema realiza discussões online sobre produção em artes visuais durante o isolamento social
Quando: Próxima terça-feira, 19 de maio, a partir das 15h
Onde acessar: perfil oficial da Escola Porto Iracema das Artes no Instagram

Fique em casa, por você e pelos outros!

Para saber todas as informações sobre o novo Coronavírus, acesse https://coronavirus.ceara.gov.br/ ou ligue 24h no 0800 275 1475.

Assessoria de Comunicação do Porto Iracema das Artes | Pedro Victor Lacerda

Publicado em: 14/05/2020