Porto Iracema das Artes divulga curtas-metragens realizados por alunos

A ação faz parte da campanha Embarcação das Artes, na qual a Escola tem publicado diversas listas com indicações culturais e realizado lives em parceria com artistas

Em quase sete anos, a Escola Porto Iracema das Artes já formou milhares de alunos em diversas linguagens artísticas. Uma das mais procuradas é a de cinema e audiovisual. Para quem já tem alguma experiência, o Laboratório de Criação permite desenvolver roteiros de longa-metragem, mas para os iniciantes, a esfera formativa indicada é o Programa de Formação Básica, que oferece conhecimento técnico e crítico básico em edição, câmera, som e dramaturgia para cinema, entre outros temas.

Durante o primeiro semestre, as turmas têm aulas regulares e aprendem as técnicas, conhecem a linguagem teórica, trocam referências com professores que atuam no mercado. Já durante a segunda metade do ano, os alunos interessados têm a chance de realizar curtas-metragens dentro do Programa Preamar de Audiovisual. Muitas vezes, estes são os primeiros filmes desses jovens cineastas. Desde 2015, quando o programa foi iniciado, já foram realizados 13 curtas-metragens.

Neste momento em que o isolamento social se impõe como medida necessária para o combate ao Coronavírus, a Escola vai disponibilizar online alguns desses filmes — aqueles já finalizados e que já cumpriram o período necessário para circulação em festivais. Esta é mais uma ação da campanha Embarcação das Artes, por meio da qual o Porto Iracema tem indicado diversas listas com filmes, espetáculos de dança e teatro, dicas de fotografia, artes visuais e playlistas de música, além de lives em parceria com artistas nas redes sociais.

Nesta semana, disponibilizamos Rastros, com direção e roteiro de Sabina Colares e Samarkandra Pimentel, e Matraca, dirigido por Ted Rafael, David Aguiar, Sabina Nunes e George Frota, este também assinando o roteiro. Os dois documentários de 2015 têm em comum o olhar para Fortaleza a partir de autores da literatura cearense. Os filmes foram exibidos em festivais como Cine Ceará e Nóia.

Nas próximas semanas, divulgaremos também Ao Mar, Capitais, Aos Meus Pés e Grilhões.

Confira abaixo as sinopses e assista já!

RASTROS

Documentário – 2015 – 19’30”
ASSISTA AQUI 

Frame do filme.

Sinopse: Três artistas, Fernanda Meireles, Narcélio Grud e Andrea Salles, repetem por Fortaleza o percurso que três personagens fizeram no romance “A Afilhada”, de Oliveira Paiva. Munidos de pistas, a cada ponto visitado eles tiveram como desafio realizar um experimento artístico com base no que viram. Tudo isso em apenas oito horas.

Créditos:
Direção e roteiro: Sabina Colares e Samarkandra Pimentel
Produção: Célia Gurgel, Emanuel Silva e Yago Dantas
Direção de Fotografia: Caio Ramos, David Aguiar
Câmera: Joyce Vidal Ted Rafael
Direção de Som: Paulo Ribeiro
Som Direto: Gustavo Pedrosa
Montagem: Célia Gurgel,Sabina Colares, Samarkandra Pimentel, David Aguiar e Tiago Therrien

MATRACA

Documentário – 2015 – 17’30”
ASSISTA AQUI 

Frame do filme.

Sinopse: A cidade de Fortaleza e sua fruição no espaço e no tempo. O documentário-dispositivo MATRACA traz registros do passeio de um flâneur, o artista Vitor Colares, que no itinerário da Praça do Ferreira ao Passeio Público, interage com as transformações e permanências, como um eco do passado emerso da obra A Normalista de Adolfo Caminha.

Créditos:
Roteiro: George Frota
Direção: Ted Rafael, David Aguiar, Sabina Nunes e George Frota
Produção: Yago Dantas
Assistente de Produção: Célia Gurgel
Direção de Fotografia: Caio Ramos, David Aguiar e Ted Rafael
Câmera: Caio Ramos, Joyce Vidal e Ted Rafael
Direção de Som: Paulo Ribeiro
Som Direto: Gustavo Pedrosa

Sobre o Preamar

O programa tem como objetivo criar condições de intensas experiências estéticas, com vistas a aprofundar os estudos desenvolvidos no Programa de Formação Básica da Escola: Artes Cênicas, Artes Visuais, Audiovisual e Fotopoéticas. A proposta é compor equipes de alunos que passaram pelo Porto para se engajarem em projetos de criação de vídeos de ficção e documentários, montagens de peças, ensaios, exposições e outras práticas, sob a tutoria de profissionais de carreira consolidada.

Como o nome do programa sugere, a ideia é elevar ao nível máximo as possibilidades de formação, criando uma turbulência potente e criativa, assim como as marés cheias do mar aberto, a PREAMAR referida no título do programa.

Sobre a Escola 

O Porto Iracema das Artes é a escola de formação e criação em artes do Governo do Estado do Ceará, ligada à Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, sob gestão do Instituto Dragão do Mar (IDM). Criada em 29 de agosto de 2013, há seis anos desenvolve processos formativos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Cinema e Teatro, com a oferta de Cursos Básicos e Técnicos, além de Laboratórios de Criação. Todas as ações oferecidas são gratuitas.

SERVIÇO
Fique em casa, por você e pelos outros!
Para saber todas as informações sobre o novo Coronavírus, acesse https://coronavirus.ceara.gov.br/ ou ligue 24h no 0800 275 1475.

Assessoria de Comunicação | Porto Iracema das Artes

Publicado em 07/04/2020