Porto Iracema das Artes abre inscrições para oficina de criação literária com Joca Terron

A segunda edição do projeto“Fábulas de Janeiro” dá a largada para as atividades formativas do Porto em 2018

Nos próximos dias 22 a 26, o Porto Iracema das Artes realiza a oficina “Fábulas de Janeiro II – Literatura Liberdade” com o escritor Joca Reiners Terron, abrindo a temporada de atividades formativas da escola em 2018. As inscrições podem ser realizadas de 11 a 18 de janeiro, por meio de formulário disponível AQUI.

Nesta edição, Joca Terron tem como ponto de partida para o debate nas aulas a provocação defendida pelo OuLiPo, ateliê de literatura exponencial criado por Raymond Queneau e Georges Perec, na França da década de 1960, de trabalhar o texto literário em condições de restrição. Em contraponto a isso, Terron abordará exercícios liberadores como escrita automática, associação livre, sinopse de romance em uma linha, cut-up, registro de sonhos, plágio, exercícios de estilo etc.

Com carga horária de 15 h/a, a oficina, que é totalmente gratuita, tem o objetivo de debater a liberdade da escrita literária, refletir sobre a noção de “restrição” e fornecer novas estruturas para incentivar a criação. Podem se inscrever pessoas maiores de 16 anos com interesse em aprimorar a leitura e a escrita. Serão 25 vagas para esta atividade. A lista com os selecionados estará disponível em nosso site a partir do dia 19 de janeiro.

Joca Reiners Terron

É um poeta, prosador, artista gráfico e editor brasileiro nascido em 1968, em Cuiabá (MT). Fundou a editora Ciência do Acidente, na qual trabalhou como editor e pela qual publicou seu primeiro livro, a coletânea de poemas Eletroencefalodrama (1998). A editora também lançou seu primeiro romance “Não há nada lá” (2001, reeditado pela Companhia das Letras em 2011), e seu segundo livro de poemas, Animal Anônimo (2002), antes de fechar as portas em 2004. O escritou publicou os livros de relatos Hotel Hell (Livros do Mal, 2003), Curva de rio sujo (Planeta, 2003) e Sonho interrompido por guilhotina (Casa da Palavra, 2006), e três romances, além de Guia de ruas sem saída, graphic novel ilustrada por André Ducci (Edith, 2012). Em 2010, recebeu o Prêmio Machado de Assis da Biblioteca Nacional de melhor romance por Do fundo do poço se vê a lua (Companhia das Letras, 2010). Seu último romance é A tristeza extraordinária do leopardo-das-neves (Companhia das Letras, 2013), também publicado no México e na Itália.

Serviço:

O quê: Oficina “Fábulas de Janeiro II – Literatura Liberdade”

Quando: De 22 a 26 de janeiro, das 19h às 22h

Onde: Porto Iracema das Artes (Rua Dragão do Mar, 160 – Praia de Iracema)

Inscrições de 11 a 18 de janeiro AQUI

GRATUITO