Peripécias Transversais – Fortaleza (CE)

Projeto: Peripécias Transversais – Fortaleza (CE)

Proponente e colaboradores: Marcílio Holanda, Ailton Santana, William Madeiro

Resumo do projeto:
Formada por nove instrumentistas das graduações em música da UECE, a Orquestra Transversal propõe executar um repertório inédito, estimulando a criação musical, composição, arranjo, performance e, notadamente, a difusão de autores cearenses Além dos jovens flautistas, a Orquestra Transversal também agrega instrumentos de cordas e percussão. Integrantes: Adeilson Freitas, Ailton Santana, Heriberto Porto, Marcílio Holanda, Matheus Albano, Manuel Barbosa, Raquel Lopes, Samuel Pereira, Sara Rebeca, William Madeiro, Willian Robson, Yan Guedes.

 

Tutora: Léa Freire
Flautista, compositora versátil, arranjadora, Léa Freire cresceu cercada pela música e ouvia desde cedo eruditos brasileiros como Camargo Guarnieri, Radamés Gnattali e Villa-Lobos em seus estudos de piano, ao lado de Bach, Debussy e outros compositores estrangeiros. Depois adotou a flauta como instrumento, na qual é autodidata e criadora de sua marca musical. Cantou 15 anos em coral, ao mesmo tempo em que se interessava pelo jazz, que a levou para a bossa nova, que a chamou para o choro e que lhe mostrou o caminho para os inúmeros ritmos brasileiros.

Tocando com a nata da música brasileira, tornou-se flautista improvisadora e celebrada compositora – suas parcerias com a cantora e compositora Joyce Moreno foram lançadas no Brasil, Japão, Alemanha e Inglaterra. Lançou o primeiro disco, Ninhal, em 1997, quando também inaugurou a gravadora Maritaca. Vários outros discos vieram na sequência, entre eles, Cartas Brasileiras (2007), que tornou-se panorama da música instrumental paulista contemporânea, envolvendo mais de 60 músicos em diversas formações.

Há 22 anos mantém a Maritaca, dedicada a promover o rico cenário instrumental brasileiro, com cerca de 60 álbuns no catálogo. Seu mais recente trabalho é o disco A Mil Tons, lançado em parceria com Amilton Godoy, trazendo composições do celebrado pianista, executadas em duo com a flautista. Além de Amilton, Léa tem parcerias com Arismar do Espírito, Filó Machado e com músicos estrangeiros, como Harvey Wainapel e Jane Lenoir.