Performance “1964+2016=GOLPEs” será apresentada no Porto Iracema

Foto de Thiago Matine.

Performance relaciona o golpe civil-militar de 1964 com os acontecimentos políticos vivenciados no Brasil em 2016

Uma edição da Constituição Federal Brasileira, um balde com água, uma corrente de ferro, corda, fronha. Esses são os elementos que o performer Jefferson Skorupski utiliza em cena para apresentar “1964+2016=GOLPEs”, performance que será realizada no Porto Iracema das Artes dia 20 de setembro, às 19h, na Sala de Teatro Sidney Souto. A ação será seguida de debate com o público.

A performance relaciona o golpe civil-militar de 1964 com os acontecimentos políticos vivenciados no Brasil em 2016, quando do impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Artista/pesquisador da temporada formativa do Laboratório de Artes Visuais do Porto Iracema, Skorupski define a performance como “um ato político-performático contra o cerceamento dos direitos de expressão, manifestação e organização artística e de todas as minorias”.

O protesto artístico denuncia a revogação das conquistas e melhorias acumuladas ao longo das últimas décadas. Nele, o performer ficará de frente a um balde com água, encapuzado e com as mãos amarradas, e sobre suas costas pesará o livro da Constituição Federal. A performance consiste no autoafogamento do artista ao som de discursos políticos que entrecruzam a história política do País.

Essa é a primeira vez que “1964+2016=GOLPEs” será apresentada no Porto Iracema das Artes. A performance já passou por algumas instituições de Fortaleza, como Vila das Artes, Universidade Estadual do Ceará (UECE), Praça do 23º Batalhão, Teatro Municipal São José e Unifametro, também tendo sido apresentada no município de Cananeia (São Paulo). A performance participou do 46º Mergulho Teatral do Vale do Jaguaribe – Edição Quixeramobim (CE).

Sobre Jefferson Skorupski

Artista de Madalena – Ceará, Jefferson Skorupski com a performance-arte identifica-se como besha-negrx artivista, críticx e pesquisadorx da política e do social. Sua poética resiste à meritocracia brasileira no alcance dos encalços da macropolítica vigente. Sua arte se concentra na micropolítica e no seu potencial propulsor de mudanças/provocações sociais, bem como se utiliza do “site specific” como ferramenta articuladora com a performance arte.

Sobre a Escola

O Porto Iracema das Artes é uma instituição da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, sob gestão do Instituto Dragão do Mar (IDM). Criada em 29 de agosto de 2013, há seis anos desenvolve processos formativos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Cinema e Teatro, com a oferta de Cursos Básicos e Técnicos, além de Laboratórios de Criação. Todas as ações oferecidas são gratuitas.

Serviço
O quê: Performance “1964+2016=GOLPEs”, por Jefferson Skorupski
Quando: Sexta-feira, 20 de setembro, às 19h
Onde: Sala de Teatro Sidney Souto, no Porto Iracema das Artes (Rua Dragão do Mar, nº 160 – Praia de Iracema)
GRATUITA

Assessoria de Comunicação Porto Iracema das Artes | Lucas Casemiro
Publicado em 12/09/2019