Para celebrar Dia do Cinema Brasileiro, Porto Iracema indica quase 50 filmes e masterclasses sobre audiovisual

Uma das ações da Escola durante o período de isolamento tem sido a “Embarcação das Artes”, campanha de divulgação de produções culturais em diversas linguagens. No audiovisual, já indicamos filmes brasileiros e cearenses, realizados também por nossos alunos, além de conteúdos formativos com grandes nomes do cinema nacional

Desde o começo da pandemia de Covid-19 e do isolamento social necessário para frear a disseminação do novo coronavírus, a Escola Porto Iracema das Artes tem realizado uma série de ações online dentro da campanha “Embarcação das Artes”. Além de lives semanais com artistas de diversas linguagens, acerca dos mais variados temas, a instituição tem divulgado no site e nas redes sociais filmes nacionais e cearenses disponíveis em plataformas de streaming. Para fortalecer a formação, também tem liberado no Canal do Youtube da Escola masterclasses que ocorreram na Escola ao longo dos últimos anos, sempre com grandes profissionais da área. Nesta sexta-feira, 19 de junho, quando se celebra o Dia do Cinema Brasileiro, a Escola reúne os conteúdos já disponibilizados em um só lugar. Confira abaixo:


FILMES 

– Cearenses

Curtas e longa-metragens:

Rânia (Roberta Marques, 2011)

Mato Alto – Pedra por Pedra (Arthur Leite, 2011)

Europa (Leonardo Mouramateus, 2011)

Doce Amianto (Guto Parente e Uirá dos Reis, 2013)

O Completo Estranho (Leonardo Mouramateus, 2014)

A festa e os cães (Leonardo Mouramateus, 2015)

História de uma pena (Leonardo Mouramateus, 2015)

Abissal (Arthur Leite, 2016)

Inferninho (Guto Parente e Pedro Diógenes, 2018 – para assistir digite o código “embauba”)

PREAMAR: Programa de Realização em Audiovisual do Porto Iracema

“Rastros”, de Sabina Colares e Samarkandra Pimentel

“Matraca”, de de Ted Rafael, David Aguiar, Sabina Nunes e George Frota

“Ao Mar”, de Esaú Pereira

“Capitais”, de Kamilla Medeiros e Arthur Gadelha

“Grilhões”,
de Lucas Inocêncio e Rafael Luan

“Aos Meus Pés”, de Felipe Saraiva 

Série

Lana e Carol (Natália Maia, Samuel Brasileiro, Luciana Vieira, Marina Morais, Daniel Filipe e Michelline Helena, 2019)

– Brasileiros

Cinema, Urubus e Aspirinas (Marcelo Gomes, 2005)

Maria: não esqueça que eu venho dos trópicos (Elisa Gomes e Francisco C. Martins, 2017)

São Bernardo (Leon Hirszman, 1972)

A Hora da Estrela (Suzana Amaral, 1985)

Estou me guardando para quando o Carnaval chegar (Marcelo Gomes, 2019)

Jonas (Lô Politi, 2015)

Dois Papas (Dirigido pelo brasileiro Fernando Meirelles, 2019)

Temporada (André Novais, 2018)

Branco Sai, Preto Fica (Adirley Queirós, 2014)

Aquarius (Kléber Mendonça FIlho, 2016)

O Som ao Redor (Kléber Mendonça FIlho, 2012)

Mãe só há uma (Anna Muylaert, 2012)

Elon não acredita na morte (Ricardo Alves Jr., 2016)

Cidade de Deus – 10 anos depois (Cavi Borges, 2013)

O Último Cine Drive-In (Iberê Camargo, 2015)

Série Irmãos Freitas (Sérgio Machado, 2019)

Café com Canela (Ary Rosa e Glenda Nicácio, 2018)

Verônica (Maurício Farias, 2009)

É proibido fumar (Anna Muylaert, 2009)

Que horas ela volta? (Anna Muylaert, 2015)

Era uma vez eu, Verônica (Marcelo Gomes, 2012)

Ausência (Chico Teixeira e Ioneide Lima, 2014) – GLOBO PLAY

Carandiru (Hector Babenco, 2003)

O Beijo da Mulher Aranha (Hector Babenco, 1985)

Uma Vida em Segredo (Suzana Amaral, 2001)

O homem que virou suco (João Batista de Andrade, 1979)

O Passado (Hector Babenco, 2007)

Titãs: a vida até parece uma festa (Branco Melo e Oscar Alves, 2008)

Que bom te ver viva (Lucia Murat, 1985)

Tubarão (Leo Tabosa, 2013)

Para crianças

Historietas Assombradas, O Filme (Victor-Hugo Borges, 2015)

Série Irmão do Jorel (Juliano Enrico, 2016)

MASTERCLASSES 

– “A interpretação fotográfica do roteiro”, com a diretora de fotografia cearense Jane Malaquias

– “A voz off no cinema”, com o diretor e roteirista Marcelo Gomes  

– “Cinema de Cozinha”, com o cineasta e artista plástico Cao Guimarães

– “Diálogo de Luz e sombra”, com  o diretor de fotografia Leonardo Simões

– “O Processo Criativo do Ator no Audiovisual”, com o ator Chico Diaz

– ANATOMIA DO FILME ONLINE – CICLO TUTORES DO LAB CINEMA 

Cidade Baixa, com Sérgio Machado 

O Céu de Suely, com Karim Aïnouz   

Greta, com Armando Praça 

Sobre a Escola
O Porto Iracema das Artes é a escola de formação e criação em artes do Governo do Estado do Ceará, ligada à Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, sob gestão do Instituto Dragão do Mar (IDM). Criada em 29 de agosto de 2013, há seis anos desenvolve processos formativos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Cinema e Teatro, com a oferta de Cursos Básicos e Técnicos, além de Laboratórios de Criação. Todas as ações oferecidas são gratuitas.

Serviço
O quê: Para celebrar Dia do Cinema Brasileiro, Porto Iracema disponibiliza quase 50 filmes e masterclasses sobre audiovisual
Quando: 19 de junho – Dia do Cinema Brasileiro
Mais informações: www.portoiracemadasartes.org.br  | Instagram, Facebook e Youtube do Porto Iracema