Oficina debate relação entre sexualidade LGBTQ+ e cinema no Porto Iracema das Artes

A atividade será ministrada pela antropóloga Té Pinheiro nos dias 24 a 26 de julho

O Porto Iracema das Artes promove a oficina “Gênero e sexualidade – A performatividade LGBTQ+ pela tela do cinema” nos dias 24 a 26 de julho. A atividade será ministrada pela antropóloga Té Pinheiro, no Auditório da Escola, sempre das 14h às 17h. O acesso é gratuito e estão sendo disponibilizadas 20 vagas, a serem preenchidas por ordem de chegada no primeiro dia.

Na oficina, a antropóloga Té Pinheiro debaterá questões que atravessam gênero e sexualidade em suas dimensões sociais, políticas e históricas, tendo como base teórica as contribuições de Michel Foucault e Judith Butler.

A atividade, que utiliza referências audiovisuais, como filmes, séries e videoclipes, tem proposta fluida, em formato de diálogo, que adapta-se às questões e debates gerados pelos participantes e incentiva a reflexão e o pensamento crítico diante da naturalização e normalização das existências e práticas sexuais.

Sobre Té Pinheiro

Formada em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Fortaleza (Unifor) e mestre em Ciências Sociais pela Universidade de Londrina (UEL), Té Pinheiro pesquisa sexualidade e gênero há nove anos, com ênfase nas questões relativas a armário/gaydar, mulheres lésbicas e bissexuais, subjetividades, corpo e internet. Participou e mediou mesas redondas e palestras na Fa7 e Unifor e ministrou curso de formação docente nesta última universidade.

Serviço
O quê: Oficina “Gênero e sexualidade – A performatividade LGBTQ+ pela tela do cinema”, com Té Pinheiro

Quando: 24 a 26 de julho, das 14h às 17h

Onde: Auditório do Porto Iracema das Artes (Rua Dragão do Mar, nº 160 – Praia de Iracema)

20 vagas, a serem preenchidas por ordem de chegada no primeiro dia da oficina

GRATUITO

Assessoria de Comunicação do Porto Iracema das Artes | Lucas Casemiro
Publicado em 16/07/2019