LIBRANDO BEM – Fortaleza (CE)

Projeto: LIBRANDO BEM – Fortaleza (CE)

Proponente e colaboradores: Clarissa Costa, Jhon Morais e Luciene Feitosa

Resumo do projeto:
Um projeto que apetece vivenciar uma caminhada artística em direção a um trabalho cênico que tenha a Língua Brasileira de Sinais-Libras como principal ferramenta de composição dramatúrgica em dança. Evocando para o corpo todas as Lembranças onde essa língua se mostrou rainha do movimento e comunicação. Fazer da Libras um lugar de Danças.

Tutora: Júlia Sarmento
Mestre em Artes pelo Programa de Pós Graduação em Artes da Universidade Federal do Ceará / UFC. Formada pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro / UNIRIO nos cursos de Bacharelado em Interpretação e Licenciatura Plena em Artes Cênicas. Ao longo de 24 anos de carreira, trabalhou com Amir Haddad, Moacir Chaves e Fabianna de Mello e Souza, participou de cursos com Stephanie Brodt, Grupo Moitará, Odin Theater, Lume Teatro, João Fiadeiro, Andréia Jabor, Tadashi Endo, Léo Bassi etc. Acumula vasta experiência como professora em escolas e centros culturais no Rio de Janeiro. Como pesquisadora acadêmica, investigou por sete anos (2002 a 2009) a formação do palhaço para ambientes hospitalares no Programa Enfermaria do Riso; e seis anos no grupo Mulheres de Artaud (2001 a 2006) onde pesquisou a linguagem do Teatro da Crueldade de Antonin Artaud. Desde 2013 vem desenvolvendo pesquisa sobre o Rasaboxes, treinamento para atores e performers criado nos Estados Unidos e ainda pouco conhecido no Brasil. Atuou como professora de consciência corporal no curso de Belas Artes da Universidade de Fortaleza / UNIFOR, e foi coordenadora de Cultura e Arte, na área de formação, do CUCA Che Guevara entre 2011 e 2012. A longo de todo esse tempo vem realizando tutorias, orientações, direções artísticas, cursos e oficinas de Palhaço, máscaras e Rasaboxes em Fortaleza, Rio de Janeiro, São Paulo e Curitiba.