LabX tem início no dia 12 de junho com aula inaugural de Artes Visuais

Encontro tem por objetivo promover conexões estéticas entre os projetos selecionados na sétima edição dos Laboratórios de Criação do Porto Iracema das Artes

Passado o processo seletivo da sétima edição dos Laboratórios de Criação do Porto Iracema das Artes, a Escola promove agora a edição 2019 do LabX, encontro geral dos artistas que passarão os próximos meses imersos nesses espaços de experimentação e pesquisa a partir de seus projetos. A atividade, que propicia a apresentação pública dos projetos contemplados na edição e a provocação de encontros entre os alunos selecionados, acontecerá nos dias 12, às 19h, e 13 e 14 de junho, às 18h, no Auditório do Porto.

Além dos Labs do Porto, o LabX incorpora este ano a apresentação dos Laboratórios de Criação em Cultura Alimentar e Gastronomia da Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco. Os oito pesquisadores que tiveram seus projetos aprovados no processo seletivo da instituição também gerida pelo Instituto Dragão do Mar, assim como o Porto Iracema das Artes, apresentarão seus projetos ao longo dos dois últimos dias de evento.

Programação LABX 2019
Primeira atividade obrigatória dos Laboratórios para todos os selecionados, o LabX inicia com aula inaugural na quarta-feira do dia 12, às 18h, tendo as Artes Visuais como linguagem a ser debatida no dia. Na ação, o coordenador e a produtora do Lab Artes Visuais, Bitu Cassundé e Aline Albuquerque, respectivamente, vão apresentar o novo formato do Laboratório, o corpo docente e o cronograma de atividades a serem desenvolvidas ao longo das temporadas formativa e investigativa. Eles também vão tirar possíveis dúvidas dos alunos sobre o formato inaugurado neste ano, considerando sugestões sobre o formato em si e dos artistas e profissionais a serem convidados para ajudar no processo de aprendizagem ao longo dos próximos meses, de acordo com o interesse da turma.

Já nos dias 13 e 14 de junho, a partir das 18h, acontecerá a apresentação pública dos projetos selecionados nos Laboratórios de Cinema, Música, Teatro e Dança do Porto e dos Laboratórios de Criação em Cultura Alimentar e Gastronomia. O objetivo do momento é propiciar a construção de conexões estéticas entre os projetos a partir da troca de informações de seus proponentes, partilhando as iniciais do projetos selecionados e as expectativas dos novos alunos em relação ao percurso de pesquisa no Porto.

Novidades dos Laboratórios de Criação 2019 do Porto Iracema das Artes 
Neste ano, o LabX reserva na programação um dia exclusivo para abraçar as Artes Visuais, que em 2019 incia novo formato: além da duração estendida a dois anos, a experiência no Laboratório acontecerá em duas etapas, uma formativa, classificatória, e outra investigativa. Novidades também chegaram ao Laboratório de Cinema, que nesta edição criou a modalidade Nacional para contemplar projetos das outras quatro regiões do Brasil, além da vaga voltada para roteiristas do Nordeste.

Neste ano, a sétima edição dos Laboratórios contou com 335 projetos submetidos ao processo seletivo, que consistiu em três etapas, sendo a primeira uma análise de documentação; a segunda, uma avaliação técnica; e, por fim, uma avaliação presencial com os selecionados nas etapas anteriores e audições públicas, no caso da Música.

A seleção contempla oficialmente um proponente e até dois colaboradores por projeto, com exceção do Lab Cinema, que nos projetos do Ceará sempre contou com uma dupla, e do Lab Artes Visuais, que selecionou 30 alunos para a etapa formativa. Desses, quatro projetos serão posteriormente escolhidos por comissão específica ao término da primeira etapa, considerando os projetos submetidos pelos alunos com 75% de aproveitamento nas atividades da etapa formativa. E no ano que vem, serão abertas mais quatro vagas, totalizando oito projetos a serem desenvolvidos na Temporada Investigativa do Lab Artes Visuais.

Até dezembro deste ano, os artistas selecionados para os Laboratórios de Criação vão receber orientação de tutores, que conduzem a qualificação dos projetos com orientações individuais, oficinas, palestras e aulas abertas. Durante o desenvolvimento dos projetos, estão previstas algumas apresentações públicas, entre elas a abertura dos processos de pesquisa artística dentro do Laboratório, ao fim dos sete meses.

Os artistas poderão contar com toda a estrutura da Escola para desenvolver suas propostas de criação, recebendo também uma bolsa mensal, auxílio técnico das coordenações dos laboratórios e oficinas de formação até o fim do ano.

Tutoria
Os artistas selecionados nesta edição ainda escolherão um artista ou pesquisador, com experiência e reconhecida trajetória profissional, para atuar como tutor do respectivo projeto. Eles terão encontros presenciais com cada tutor. E, para dar aos demais artistas da Cidade o acesso ao conhecimento trazido por esses grandes nomes, a Escola promoverá, como já é de praxe, oficinas e aulas gratuitas e abertas ao público em geral.

Entre os tutores que já passaram pelo Porto por meio dos Laboratórios de Criação, de 2013 até o ano passado, destacam-se nas Artes Visuais Maria Helena Bernardes, Cláudio Bueno e Tânia Riverade; Em Dança, Denise Stutz, Alejandro Ahmed e Jorge Alencar; Em Teatro, Gilberto Gawronski, Marcelo Evelin e Tânia Farias; e em Música, Arto Lindsay, Liminha, Mário Adnet e Mahmundi. Na área de Cinema, a tutoria fixa é composta por Karim Aïnouz, Sérgio Machado e Nina Kopko.

SERVIÇO
O quê: Edição 2019 do LabX, encontro dos selecionados na sétima edição dos Laboratórios de Criação do Porto
Quando: Dias 12 às 19h, 13 e 14 de junho, às 18h
Onde: Porto Iracema das Artes (Rua Dragão do Mar, nº 160 – Praia de Iracema)
GRATUITO

Assessoria de Comunicação Porto Iracema das Artes | Lucas Casemiro
Publicado em 07/06/2019

Atualizado em 13/06/2019 às 13:11