Grupo de estudos “Dramaturgia: o que quer e o que pode o corpo?” retoma encontros semanais em fevereiro

2019: “Por onde começar?”; “Por que começar?”; “Como começar?”. Estas são perguntas-chave que todos os artistas se fazem a cada criação. Partindo desses pontos, o grupo de estudos “Dramaturgia: o que quer e o que pode o corpo?” retorna em fevereiro com os encontros semanais, às quintas-feiras, a partir do dia 14. Cada reunião deste mês terá como pauta de trabalho uma das perguntas iniciais. Os encontros acontecem sempre às 19h, nos espaços do Porto Iracema das Artes, e são abertos a todos os interessados.

Muito além do que tentar encontrar uma resposta satisfatória a todos, o grupo lança interpelações como convites. Convites para que a cada encontro se possa fazer um novo começo. As pautas de trabalho do grupo contam com estudos sobre temas relacionados às dramaturgias do corpo e também com mostra comentada de obras (prontas ou em andamento) dos participantes.

Os encontros “Dramaturgia: o que quer e o que pode o corpo?” são uma iniciativa do grupo “Quintal: dança, pensamento, outras dramaturgias e regimes de dizibilidade”, coordenado pela pesquisadora e doutora Thereza Rocha (RJ/CE), realizada em parceria entre o Instituto de Cultura e Arte/UFC e o Laboratório de Teatro do Porto Iracema das Artes.

 

AGENDA DE FEVEREIRO

Primeiro encontro

Pauta: “Por onde começar?”

Data: 14 de fevereiro, 19h

Local: Salinha de Dança

 

Segundo encontro

Pauta: “Por que começar?”

Data: 21 de fevereiro, 19h

Local: Sala de Teatro Sidney Souto

 

Terceiro encontro

Pauta: “Como começar?”

Data: 28 de fevereiro, 19h

Local: Sala de Teatro Sidney Souto

 

SOBRE THEREZA ROCHA

Thereza é pesquisadora de dança, diretora de espetáculos e dramaturgista de processos de criação. Doutora em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Professora dos cursos de graduação em dança da Universidade Federal do Ceará. Coautora da instalação Máquina de Dançar, junto com Maria Alice Poppe, apresentada no SESC Pompeia (SP) em 2016, e do livro “Diálogo/Dança” (SENAC, 2012), ao lado de Marcia Tiburi. Autora do livro “O que é dança contemporânea?” (Conexões Criativas, 2016), contemplado nos editais Rumos Itaú Cultural e Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna.

SERVIÇO

O que: Retorno dos encontros “Dramaturgia: o que quer e o que pode o corpo?”

Quando: Às quintas-feiras (14, 21 e 28 de fevereiro), às 19h

Onde: Salinha de Dança e Sala de Teatro Sidney Souto

GRATUITO

Assessoria de Comunicação Porto Iracema das Artes | Myke Guilherme

Publicado em: 08/02/2019