Espetáculos de alunos do Porto Iracema das Artes estreiam no Teatro Dragão do Mar

As peças são fruto do Programa Preamar de Artes Cênicas 2019. A apresentação compõe a Mostra de Artes do Porto Iracema (MOPI)

No dia 4 de dezembro, próxima quarta-feira, o Porto Iracema das Artes realiza mais uma edição do Preamar de Artes Cênicas com a estreia de dois espetáculos, resultado dos percursos de formação básica oferecidos pela Escola durante este ano. As duas peças teatrais serão apresentadas a partir das 19h, no Teatro Dragão do Mar, integrando a programação da 7ª edição da Mostra de Artes do Porto Iracema (MOPI). O acesso é gratuito, por ordem de chegada.

O primeiro espetáculo da noite será “Corpo Pedrado”, que conta com texto de Carlos Roque e direção de Joel Monteiro. A partir de histórias de pessoas usuárias de substância ilícita e em situação de rua, a peça discute a distribuição dos corpos no espaço urbano, levantando questões sobre individualidade e coletividade, mobilidade e liberdade.

“Cavalos-Marinhos”, o outro espetáculo que será apresentado no dia 04 de dezembro, tem direção de Edivaldo Batista e parte do texto de Yuri Marrocos, “Muros Agudos Iguais a Fome”. Com quatro atores em cena, o trabalho constrói imagens e representações para dar ao espectador uma reflexão sobre o tempo.

Sobre o processo formativo
Durante o ano de 2019, os alunos do Curso Básico de Artes Cênicas fizeram o Percurso Práticas do Ator, que incluía três módulos simultâneos: Poéticas Vocais, Poéticas Corporais e Poéticas da Criação. Ao todo, 25 alunos ingressaram na formação deste ano, ofertada de março a julho, e 15 deles participaram do programa de realização, o Preamar de Artes Cênicas. Pelo segundo ano consecutivo, os textos dos espetáculos foram desenvolvidos a partir de outro percurso formativo da Escola, o Ateliê de Escrita Dramática, e escolhidos pelos próprios alunos.

O Preamar tem como objetivo criar condições de intensas experiências estéticas, com vistas a aprofundar os estudos desenvolvidos no Programa de Formação Básica da Escola: Artes Cênicas, Artes Visuais, Audiovisual e Fotopoéticas. A proposta é compor equipes de alunos que passaram pelo Porto para se engajarem em projetos de criação de vídeos de ficção e documentários, montagens de peças, ensaios, exposições e outras práticas, sob a tutoria de profissionais de carreira consolidada. Como o nome do programa sugere, a ideia é elevar ao nível máximo as possibilidades de formação, criando uma turbulência potente e criativa, assim como as marés cheias do mar aberto, a PREAMAR referida no título do programa.

Esta é a 5ª edição do Preamar de Artes Cênicas. Desde 2015, os alunos que passaram pelo programa de realização já produziram as peças De Sucupira à Asa Branca: uma sátira brasileira (2015), Todos Seremos Mãe (2016), Além Aquém Daqui (2017), A Mamãe Aqui e Mar Lúcia (2018).

Confira as sinopses e as fichas técnicas dos espetáculos:

– Cavalos-Marinhos

Foto: Alan Sousa

Partindo do texto “Muros Agudos Iguais a Fome”, do autor Yuri Marrocos, o espetáculo “Cavalos-Marinhos” traz quatro atores construindo imagens, ações e representações numa tentativa fracassada de caber no tempo.

Texto: Criação Coletiva a partir de “Muros agudos Iguais a Fome” de Yuri Marrocos
Direção: Edivaldo Batista
Elenco: Ana Vitória Almeida, Roger Oliveira, Bruno Santos e Daniel Noronha
Iluminação: Aline Rodrigues
Figurino: Marnylton Cabral e Diana Berreto
Cenário: Criação coletiva
Orientação de Sonoplastia: Loreta Dialla

– Corpo Pedrado

Foto: Alan Sousa

O usuário de substância ilícita em situação de rua poderia ser o corpo social retratado em “Corpo Pedrado”. Horizontalidades e verticalidades nos colocam distribuídos ocupando o espaço urbano. Estamos juntos. Estamos? Como, enquanto corpos sociais, individuais ou coletivos, públicos ou privados, convivemos, nos relacionamos, nos importamos, nos vemos? Nos vemos? Quem de nós está imóvel, inerte? Quem não consegue mover e mudar, sair do lugar? Qual corpo está livre? Qual corpo está pedrado?

Texto original: Carlos Roque
Adaptação dramatúrgica: O coletivo
Direção: Joel Monteiro
Elenco: Bruna Richely, Claudia Moreira, Jean Moreira, Matheus Bizerra e Pedro Almeida
Iluminação: Mayra Marcelino
Figurino e caracterização: Diana Berreto e Marnylton Cabral
Cenografia e sonoplastia: O coletivo
Fotografia: Alan Sousa
Agradecimentos: Karen Daluce, Raphael Souma, Remir Olímpio.

Sobre a Escola

O Porto Iracema das Artes é uma instituição da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, sob gestão do Instituto Dragão do Mar (IDM). Criada em 29 de agosto de 2013, há seis anos desenvolve processos formativos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Cinema e Teatro, com a oferta de Cursos Básicos e Técnicos, além de Laboratórios de Criação. Todas as ações oferecidas são gratuitas.

Serviço
O que: PREAMAR de Artes Cênicas 2019 – Espetáculos de alunos do Porto Iracema das Artes estreiam no Teatro Dragão do Mar
Quando: 4 de dezembro, a partir das 19h
Onde: Teatro Dragão do Mar ((R. Dragão do Mar, 81, Praia de Iracema)
GRATUITO

 

Assessoria de Comunicação Porto Iracema das Artes | Glauber Sobral
Publicado em 29/11/2019