Loading...

Em parceria com UFC E UNIFOR, Porto Iracema promove o V ConversAções

O Laboratório de Artes e Micropolíticas Urbanas (LAMUR-PPGArtes) pertencente ao Instituto de Cultura e Arte da Universidade Federal do Ceará (UFC) e o Projeto Jornadas Urbanas e Comunicacionais (JUCOM), grupo de pesquisa da Universidade de Fortaleza (UNIFOR), com o apoio do Porto Iracema das Artes, convidam para o encontro com a pesquisadora e professora Clara Costa Oliveira, da Universidade do Minho, em Braga – Portugal, que participará do encontro trazendo a temática: “Aprendizagem Autopoiética e Cibernética”.

Nesse encontro, como o tema sugere, a pesquisadora convida os participantes ao dialogo com estudos que aproximam e estabelecem relações entre autopoiesis e cibernética procurando compreender como a ecologia da mente de Gregory Bateson se conecta com a teoria da autopoiesis, bem como quais os limites da teoria da autopoiesis face à ecologia da mente de Bateson, que considerou Humberto Maturana o seu principal discípulo, antes de morrer. A conversa quer criar caminhos para pensar a relação da arte com a ecologia da mente de Bateson e a teoria da autopoiesis.

Maria Clara Faria Costa Oliveira é uma Professora e Pesquisadora no Centro de Estudos Humanísticos, STOL (Science Through Our Lives) e no Instituto de Educação, na Universidade do Minho, em Braga, Portugal.Licenciada em Filosofia; Mestre em Epistemologia e Filosofia do Conhecimento; Doutora em Filosofia da Educação, associada em Pedagogia e graduada em Educação para a Saúde. Principais áreas de Investigação, interesse e autores: Filosofia da Medicina e da Enfermgem, Epistemologia, Bioética, Movimento da Auto-organização, em especial, Teoria da Autopoiesis, Gregory Bateson, Heinz von Foerster, Henri Atlan.

No Brasil, Maria Clara colabora em três projetos de pesquisa, nas Universidades PUC/RS, UNISC (dois grupos de pesquisa). Possui várias publicações, sob formas de livros, capítulos de livros, artigos, verbetes e recensões, em Portugal e no estrangeiro. Formadora voluntária em instituições não governamentais e governamentais no âmbito da Educação não formal.

Referências sugeridas:

-Leitura do artigo: “Da Cibernética à Autopoieses: continuidades e descontinuidades”

– Assistir ao filme: An ecology of mind- Realizadora Nora Bateson (inglês)

http://seer.ufrgs.br/InfEducTeoriaPratica/article/view/9553

-O pensamento de Gregory Bateson – 1h08min (em português)

Gregory Bateson foi um biólogo e antropólogo por formação. Contudo, como grande pensador sistêmico e epistemólogo da comunicação, envolveu-se também na psiquiatria, psicologia, sociologia, lingüística e ecologia.

Serviço:

Dia: 19 de maio

Hora: 14h

Local: Auditório do Porto Iracema

Rua Dragão do Mar, 160 – Praia de Iracema