CorpoCatimbó

CorpoCatimbó

Artistas/pesquisadores: Viana Júnior, Gerson Moreno e Pai Mesquita de Ogum.

Poderão os elementos corporais do PluriUniverso da Jurema Sagrada criar narrativas cênicas, construções estéticas, energéticas, de movimento e da presença no campo da dança? Que diretrizes criativas esse encontro pode possibilitar? Partindo dessas questões, a proposta busca investigar as corporeidades da Jurema, tendo como foco suas sete linhas de trabalho e suas entidades míticas, no intuito de observar e compreender como as fisicalidades desse território podem fundamentar a criação em dança.

Tutor:

Benjamin Abras – Tutor do projeto “CorpoCatimbó”, de Viana Júnior, Gerson Moreno e Pai Mesquita de Ogum

Benjamin Abras é ator de teatro e cinema-bailarino afro tradicional e contemporâneo. Diretor de dança e teatro, poeta, ensaísta, dramaturgo, artista visual, cantor e compositor. Como um artista intermídias já performou e dirigiu em quase todo o Brasil e pelos três continentes: Africa, Ásia e Europa ao longo de 23 anos. Seu trabalho se vale da constante hibridação de linguagens na criação de uma obra excepcionalmente de arte contemporânea se se limitar a linguagens. A transversalidade é um dos eixos de suas pesquisas e vem construindo seu trabalho através das técnicas advindas das tradições afro-brasileiras, desconstruindo o pensamento que folcloriza a cultura africana no Brasil, provocando reflexões a partir da filosofia que sustenta a base técnica das tradições nas relações performativas e na criação de uma dramaturgia da performance.