Assista filmes de cineastas cearenses e brasileiros sem sair de casa

A Escola Porto Iracema das Artes indica produções de cineastas locais e brasileiros para ajudar nesse período em que devemos ficar em casa e nos cuidar

Para ajudar a passar por esse período de isolamento social contra a disseminação do Coronavírus, o Porto Iracema das Artes criou uma série de ações online para a divulgação de artes e artistas que podem nos ajudar a atravessar essa tempestade. Na nossa Embarcação das Artes, traremos listas com dicas de shows, espetáculos, filmes, aulas e outras produções disponíveis no meio digital, de preferência gratuitas, e organizaremos lives em nosso Instagram para que, mesmo nesse distanciamento necessário, estejamos sempre juntos.

A seguir, apresentamos uma curadoria de filmes e séries cearenses e nacionais, disponíveis em plataformas de streaming. A maior parte dos sites tem acesso gratuito e conta com produções para todas as idades e gostos. Confira a lista:

– Cearenses

Curtas e longa-metragens:

Rânia (Roberta Marques, 2011)

Mato Alto – Pedra por Pedra (Arthur Leite, 2011)

Europa (Leonardo Mouramateus, 2011)

Doce Amianto (Guto Parente e Uirá dos Reis, 2013)

O Completo Estranho (Leonardo Mouramateus, 2014)

A festa e os cães (Leonardo Mouramateus, 2015)

História de uma pena (Leonardo Mouramateus, 2015)

Abissal (Arthur Leite, 2016)

Inferninho (Guto Parente e Pedro Diógenes, 2018 – para assistir digite o código “embauba”)

Série

Lana e Carol (Natália Maia, Samuel Brasileiro, Luciana Vieira, Marina Morais, Daniel Filipe e Michelline Helena, 2019)

– Brasileiros

Cinema, Urubus e Aspirinas (Marcelo Gomes, 2005)

Maria: não esqueça que eu venho dos trópicos (Elisa Gomes e Francisco C. Martins, 2017)

São Bernardo (Leon Hirszman, 1972)

A Hora da Estrela (Suzana Amaral, 1985)

Estou me guardando para quando o Carnaval chegar (Marcelo Gomes, 2019)

Jonas (Lô Politi, 2015)

Dois Papas (Dirigido pelo brasileiro Fernando Meirelles, 2019)

Temporada (André Novais, 2018)

Branco Sai, Preto Fica (Adirley Queirós, 2014)

Aquarius (Kléber Mendonça FIlho, 2016)

O Som ao Redor (Kléber Mendonça FIlho, 2012)

Mãe só há uma (Anna Muylaert, 2012)

Elon não acredita na morte (Ricardo Alves Jr., 2016)

Cidade de Deus – 10 anos depois (Cavi Borges, 2013)

O Último Cine Drive-In (Iberê Camargo, 2015)

Série Irmãos Freitas (Sérgio Machado, 2019)

Café com Canela (Ary Rosa e Glenda Nicácio, 2018)

Verônica (Maurício Farias, 2009)

É proibido fumar (Anna Muylaert, 2009)

Que horas ela volta? (Anna Muylaert, 2015)

Era uma vez eu, Verônica (Marcelo Gomes, 2012)

Ausência (Chico Teixeira e Ioneide Lima, 2014) – GLOBO PLAY

Carandiru (Hector Babenco, 2003)

O Beijo da Mulher Aranha (Hector Babenco, 1985)

Uma Vida em Segredo (Suzana Amaral, 2001)

O homem que virou suco (João Batista de Andrade, 1979)

O Passado (Hector Babenco, 2007)

Titãs: a vida até parece uma festa (Branco Melo e Oscar Alves, 2008)

Que bom te ver viva (Lucia Murat, 1985)

Tubarão (Leo Tabosa, 2013)

Para crianças

Historietas Assombradas, O Filme (Victor-Hugo Borges, 2015)

Série Irmão do Jorel (Juliano Enrico, 2016)

Plataformas para assistir online e gratuitamente:

https://www.spcineplay.com.br/

https://vimeo.com

http://portacurtas.org.br/

http://www.futuraplay.org/

SERVIÇO
Fique em casa, por você e pelos outros!
Para saber todas as informações sobre o novo Coronavírus, a acesse https://coronavirus.ceara.gov.br/ ou ligue 24h no 0800 275 1475.

Assessoria de Comunicação | Porto Iracema das Artes
Publicado em 25/03/2020