Cineclube Âncora volta ao Porto Iracema em março com Mostra Mulheres Dentro da Noite

Sessões acontecerão nos dias 15, 22 e 29, a partir das 18h

Com curadoria de Kamilla Medeiros, Priscila Smiths e Arthur Gadelha, o Cineclube Âncora retoma as atividades no Porto Iracema das Artes com a mostra Mulheres Dentro da Noite durante o mês de março. Programação trará filmes de terror dirigidos por mulheres. Exibições acontecerão nos dias 15, 22 e 29, a partir das 18h, no auditório da Escola e são abertas ao público. Após cada sessão, haverá debate.

Na primeira sessão, no dia 15, a mostra apresenta três curtas brasileiros, as obras “Estátua!”,de Gabriela Amaral Almeida, “O Duplo”, de Juliana Rojas, e “11 Minutos”, de Hilda Lopes Pontes. Na semana seguinte, tem a obra australiana “O Badabook”, de Jennifer Kent. E, encerrando a mostra, na última sexta-feira de março, “Eu não sou uma bruxa”, de Rungano Nyoni. Todas as sessões são gratuitas.

Veja abaixo detalhes dos filmes.

Sessão 15/03

“Estátua!”

Gabriela Amaral Almeida, 2014, 24min, Brasil.

Classificação indicativa: 12 anos

Sinopse: A babá Isabel está no sexto mês de gestação e não pode esperar para ser mãe. Até conhecer Joana.

“O Duplo”

Juliana Rojas, 2012, 25min, Brasil.

Classificação indicativa: Livre

Sinopse: Silvia é uma jovem professora. Certo dia, sua aula é interrompida quando os alunos veem seu duplo pela janela. Ela tenta ignorar a aparição, mas o evento perturbador passa a impregnar seu cotidiano e alterar sua personalidade.

“11 Minutos”

Hilda Lopes Pontes, 2018, 17 min, Brasil.

Classificação indicativa: 14 anos

Sinopse: No Brasil, a cada 11 minutos uma mulher é violentada. Elisa precisa ir ao aeroporto. É noite e, no caminho, obstáculos vividos por quem é mulher.

Sessão 22/03

“O Babadook”

Jennifer Kent, 2014, 94 min, Austrália.

Classificação indicativa: 16 anos

Sinopse: Seis anos já se passaram desde a morte de seu marido, mas Amelia (Essie Davis) ainda não superou a trágica perda. Ela tem um filho pequeno, o rebelde Samuel (Noah Wiseman), e tem dificuldades para amá-lo. O garoto sonha diariamente com um monstro terrível e ao encontrar um livro chamado “The Babadok” reconhece imediatamente seu pesadelo. Certo de que Babadok deseja matá-lo, o menino começa a agir irracionalmente, para desespero de Amélia.

Sessão 29/03

“Eu Não Sou uma Bruxa”

Rungano Nyoni, 2017, 93 min, Zâmbia, Alemanha, França, Reino Unido.

Classificação indicativa: 14 anos

Sinopse: Depois de um incidente banal em sua aldeia local, Shula, de 8 anos, é acusada de feitiçaria. Um breve julgamento a considera culpada e ela é levada à guarda do estado e exilada para um campo de bruxas no meio de um deserto. Lá, ela participa de uma cerimônia de iniciação onde aprende as regras em torno de sua nova vida como bruxa. Como os outros residentes, Shula é amarrada a um carretel com uma fita. Dizem-lhe que se cortar a fita, será amaldiçoada e transformada em uma cabra.

SERVIÇO

O que: Cineclube Âncora volta ao Porto Iracema em março com Mostra Mulheres Dentro da Noite

Quando: Sessões dias 15, 22 e 29 de marco, às 18h

Onde: Auditório do Porto (R. Dragão do Mar, 160 – Praia de Iracema)

GRATUITO

Assessoria Porto Iracema das Artes | Myke Guilherme

Publicado em: 07/03/2019