Ana Correa faz demostração técnica de “Rebelión de los objetos” no Theatro José de Alencar

Apresentação será no próximo dia 6 de dezembro, às 19h, com limite de 30 vagas

Tutora do projeto “Boca Amordaçada”, realizado pelo Grupo Teatro de Caretas no Laboratório de Teatro do Porto Iracema das Artes, a atriz e diretora teatral peruana Ana Correa fará no dia 6 de dezembro, às 19h, a demostração técnica “Rebelión de los objetos”, vivência em que a artista compartilha fragmentos de suas personagens em obras do grupo peruano Yuyachkani. A apresentação, que acontecerá no Theatro José de Alencar, é aberta a todos os interessados, com limite de 30 vagas. As senhas de acesso serão distribuídas a partir das 18h30.

Na experimentação, a artista parte de uma relação orgânica e sensível com objetos cotidianos das mulheres de sua família, dialogando com o universo das mulheres comuns. Acompanhada de um acordeão, uma saia, uma cesta, um varal com roupas molhadas e panelas de barro, a atriz propicia uma viagem do palco teatral ao palco do seu mundo interno.

Sobre Ana Correa

É atriz, professora e diretora. Desde 1979 é membro do Grupo Cultural Yuyachkani. Em 2012, foi nomeado Personalidade da Cultura Mérito, reconhecimento dado pelo Ministério da Cultura. Bacharel em Educação pela Universidade Ricardo Palma (Peru). Professora de Educação Artística com especialização em Artes Cênicas pela Escola Nacional de Arte Dramática. Professora na Escola de Artes Cênicas na Universidad Católica (PUCP).

“Boca Amordaçada”

O projeto é um processo de criação teatral que articula dramaturgia feminina e ativismo em cena. A pesquisa envolve elementos que integrem atuação, dramaturgia e espaço urbano para composições cênicas, em forte relação com o teatro latino-americano. As artistas/pesquisadoras envolvidas na pesquisa são Vanéssia Gomes, Herê Aquino, Vera Araujo, Juliana Santana e Isabele Teixeira.

Serviço

O quê: Artista Ana Correa faz demostração técnica de “Rebelión de los objetos” no Theatro José de Alencar

Quando: 6 de dezembro, às 19h

Onde: Sala Nadir Papi Saboia do Theatro José de Alencar (R. Liberato Barroso, 525 – Centro)

GRATUITO

As senhas de acesso serão distribuídas a partir das 18h30min.

Assessoria de Comunicação Porto Iracema das Artes | Glauber Sobral

Publicado em 29/11/2018