Alunes e tutoras do Preamar Artes Visuais 2018 se reúnem em nova edição do Afluentes

 

Na live, os artistas falarão sobre os processos criativos durante e após a formação, que resultou na exposição “Arrimo”, em novembro de 2018

A palavra “Arrimo” significa amparo, proteção, tudo que se utiliza para dar apoio ou suporte a alguém ou alguma coisa. Ela foi usada como título da exposição realizada pelos alunos do Preamar Artes Visuais, em novembro e dezembro 2018. Para falar sobre seus processos, pesquisa e construção dos trabalhos, artistas e tutores da formação se reunirão em mais uma edição do Afluentes. O evento acontecerá no dia 20 de outubro, às 15h, no Youtube e Facebook do Porto Iracema.

Composta por desenhos, pinturas, fotografias, instalações, intervenções, vídeos e outros meios visuais de acesso ao público, a exposição partiu de uma imagem poética e política em consonância com o tema “Poéticas do Feminino”, eixo norteador das formações da Escola em 2018. As produções foram desenvolvidas ao longo daquele ano pelos artistas Bárbara Moira, Beatriz Gurgel, Caroline Sousa, Daniel Neves, Danny Costa, Esterline Goes, Jessica Larissa, Juliana Braga, Kinberlly Pereira, Loba, Matheus Dias, Samanta Rosa, Vivianne Morais, Yuri Juatama, sob tutoria de Clara Capelo, Ingra Rabelo e Waléria Américo.

Na live, eles falarão um pouco sobre o processo formativo e seu desenrolar através de pesquisas, construção da exposição, montagem, abertura da mostra e roda de conversa, realizada na sequência, além de suas trajetórias individuais. As tutoras também compartilharão os processos de acompanhamento e orientação da turma. A live será mediada pela coordenadora dos Cursos Básicos de Artes Visuais, Carolina Vieira.

O “Afluentes” é um momento de reencontro entre artistas-pesquisadores e tutores dos Laboratórios, professores e alunos dos Cursos Básicos, Cursos Técnicos e do Programa de Fotopoéticas. Realizado através de uma plataforma aberta que propicie e valorize a interação com o público, a atividade disponibiliza, anteriormente, referências sobre os projetos e os temas que motivam as conversas.

Sobre a formação
O percurso formativo do PREAMAR de Artes Visuais se deu de forma dinâmica com aulas das três professoras-artistas que estiveram juntas para dialogar sobre o projeto de cada aluno, configurando assim encontros de orientação. As aulas da turma envolveram indicação de referências, textos, artistas e envolvendo os alunos no processo de produção e montagem da mostra. A professora Clara Capelo apresentou trabalhos e artistas mais voltados para a fotografia. Já a professora Ingra Rabelo acompanhou o grupo trazendo diversas referências no campo das Artes Visuais. A última etapa foi conduzida pela professora Waléria Américo que discutiu curadoria, montagem e edição dos trabalhos.

Sobre o Preamar
O programa Preamar tem como objetivo criar condições de intensas experiências estéticas, com vistas a aprofundar os estudos desenvolvidos no Programa de Formação Básica. A proposta é compor equipes de ex-alunos da escola para se engajarem em projetos de criação artística sob tutoria de profissionais de carreira consolidada. Como o nome do programa sugere, a ideia é elevar ao nível máximo as possibilidades de formação, criando uma turbulência potente e criativa, assim como as marés cheias do mar aberto, a Preamar referida no título do programa.

Sobre as tutoras

Clara Capelo

Iniciou o curso de Fotografia Analógica da Casa Amarela (Universidade Federal do Ceará) e passou a se dedicar a fotografar espetáculos de teatro e música, além do cotidiano urbano e íntimo. Em 2010, a fim de experimentar os processos digitais da fotografia, se mudou para São Paulo onde teve a oportunidade de trabalhar como assistente fotográfica no Instituto Internacional de Fotografia, sendo convidada em 2011 pelo diretor do Instituto, Danilo Russo, a coordenar os cursos do IIF. Em 2018, participou da exposição Mulher Vírgula (Centro Cultural Dragão do Mar) com o ensaio “O que restava quando olhei pro abismo”. Ainda em 2018, passou a ministrar aulas de fotografia na escola Porto Iracema das Artes, no Percurso Formativo de Fotografia.

Waléria Américo

É artista visual. Suas experimentações artísticas põem em tensão questões que permeiam o corpo e o entorno, a arquitetura e a paisagem, abrindo novas perspectivas de orientação espaço-temporal que no entanto nunca se deixam fixar. Trabalha majoritariamente com registros fotográficos ou em vídeo, muitas vezes de performances que terminam por integrar instalações, também passando pelo objeto, desenho e experimentações sonoras. Recebeu o Prêmio Illy Sustain Art Brasil, SP Arte, São Paulo (2013) e Prêmio Residência Artística no Exterior do Itamaraty, Fundación ACE, Argentina (2014). É mestre em Arte Multimedia – Performance & Instalação pela Universidade de Lisboa e graduada em Artes Visuais pela Faculdade da Grande Fortaleza, com especialização em Audiovisual e Mídias Eletrônicas pela Universidade Federal do Ceará.

Ingra Rabelo

É artista visual e produtora formada pelo Instituto Federal do Ceará. Sua produção artística transita em experimentações com desenho, pintura, design, graffiti e animação. Pesquisa a desconstrução da estrutura do corpo sobre uma perspectiva mutante, afim de discutir relações de identidade, gênero e sexualidade, participando de exposições coletivas e laboratórios de criação desde 2013. Atualmente se concentra no projeto Maria Xinim, buscando refletir sobre o próprio corpo e relações com micro políticas de gênero.

Sobre a Escola

O Porto Iracema das Artes é a escola de formação e criação em artes do Governo do Estado do Ceará, ligada à Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, sob gestão do Instituto Dragão do Mar (IDM). Criada em 29 de agosto de 2013, há sete anos desenvolve processos formativos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Cinema e Teatro, com a oferta de Cursos Básicos e Técnicos, além de Laboratórios de Criação. Todas as ações oferecidas são gratuitas.

Serviço
O que: “Alunes e tutoras do Preamar Artes Visuais 2018 se reúnem em nova edição do Afluentes”

Quando: 20 de outubro (terça-feira), às 15h

Onde: Canal do Youtube e Facebook da Escola Porto Iracema das Artes

Equipe de Assessoria de Comunicação do Porto Iracema das Artes | Texto: Rafaela Leite (estagiária) | Supervisão e edição: Pâmela Soares

Publicado em 13/10/2020