Acrobatas circenses apresentam mostra de processo artístico no Cena 15

Trabalho “Cornerstone” será apresentado na última sexta-feira de janeiro

A dominação de um corpo sobre outro. O poder e nossa relação com ele. “Cornerstone”, dos acrobatas Breno Caetano e Sergi Parés, é um trabalho traçado pelo circo, a dança e a instalação que será apresentado ao público de Fortaleza no dia 31 de janeiro, às 17h, no Cena 15. A apresentação, gratuita, traz ao público o resultado da residência artística que os artistas farão de 27 a 31 de janeiro no Porto Iracema das Artes.

Cornerstone” é a deflagração de um gesto de luta e de manifesto para evocar continuamente a dominação de um corpo (social ou individual) sobre o outro. A criação de Breno Caetano e Sergi Parés questiona o poder numa abordagem cultural, social e histórica. O corpo é entendido como um espaço de revolta e de esperança diante de situações de interdependência, restrição e controle.

Ficha Técnica
Concepção / Interpretação: Breno Caetano, Sergi Parés
Música: Gio Megrelishvili
Cenografia: Breno Caetano
Dramaturgia: Marine Maine

Sobre os artistas

Sergi Parés é acrobata e dançarino formado na Universidade de Dança e Circo de Estocolmo (DOCH). Desde então, ele está particularmente comprometido com o trabalho colaborativo baseado em pesquisa. Trabalhou como dançarino pela Iceland Dance Company, com o espetáculo Black Marrow, dirigido por Damien Jalet e Erna Ómarsdóttir, e também nos espetáculos Mind A Gap (Cie. Anton Lachky) e Kokoro (Cie. Lali Ayguade). Seus últimos trabalhos como criador/ intérprete incluem o projeto Les Voyages com o coletivo francês XY. Paralelamente, atuou com a companhia Un Loup pour l’Homme com as peças Face Nord e Rare Birds. Desde 2018, ele vem criando Rencontre/s – seu projeto de pesquisa e criação. Ao mesmo tempo, trabalha como artista/pedagogo na Universidade de Circo e Performance (ACaPA), Holanda.

Breno Caetano é bailarino e acrobata formado pelo Curso Técnico em Dança (2011) e pelo Centre National des Arts du Cirque CNAC (França, 2013). No Brasil, em Fortaleza, Breno idealizou o Grupo Fuzuê juntamente com Edmar Cândido. Na França, elaborou o Collectif 3andar – uma série de encontros que permitiu um diálogo mais largo na prática da performance. Criou juntamente com Marcel Vidal o espetáculo Última Paisagem, produzido pelos festivais Furies e Châlons dans la rue (França) Deltebres danse (Espanha). Em 2013 -2014, participou do projeto de pesquisa e escritura na dança com a direção de Dominique Mercy (Compagnie Pina Bausch). Participou igualmente com seu projeto solo, I Love You Baby no Festival Deltebres-Dança (2013), no Festival Urbain Performance (Islândia, 2014) e no projeto de novos artistas urbanos no MOMA (Estados Unidos, 2015). Em 2015, Breno participou do espetáculo Wiebo, direção de Philippe Decouflé, no quadro da abertura da Philharmonie de Paris. Trabalhou em Israel com Ohad Naharin (diretor da Batsheva Dance Company) e atualmente desenvolve o projeto de criação Cornerstone, com Sergi Parés.

Sobre a Escola
O Porto Iracema das Artes é uma instituição da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, sob gestão do Instituto Dragão do Mar (IDM). Criada em 29 de agosto de 2013, há seis anos desenvolve processos formativos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Cinema e Teatro, com a oferta de Cursos Básicos e Técnicos, além de Laboratórios de Criação. Todas as ações oferecidas são gratuitas.

Serviço
O quê: Mostra de processo artístico “Cornerstone”, com Breno Caetano e Sergi Parés
Quando: Sexta-feira, 31 de janeiro de 2020, às 17h
Onde: Cena 15 (rua José Avelino, 465, Praia de Iracema)
GRATUITO

Assessoria de Comunicação Porto Iracema das Artes | Lucas Casemiro
Publicado em 14/01/2020