Abertas inscrições para oficina de intervenção sobre fotografia

Foto: Régis Amora

Atividade ocorre em conexão com a exposição “Linha de Costa”, que segue em exibição no MAC até 27 de outubro

“O mar continua lá: oficina de intervenção sobre fotografia” é o nome da atividade que acontecerá no Ateliê do Porto Iracema das Artes nos dias 15 e 17 de outubro, das 18h às 21h. A formação será ministrada pelos integrantes do Descoletivo Marília Oliveira e Régis Amora e por Thadeu Dias, com apoio do Programa de Fotopoéticas do Porto Iracema. Serão disponibilizadas 15 vagas, com inscrições gratuitas neste link até 13 de outubro.

A oficina ocorre em conexão com a exposição “Linha de Costa”, que segue em exibição até 27 de outubro no Museu de Arte Contemporânea (MAC) do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. De caráter prático, ela estimula os participantes a levarem memórias, registros de veraneio, referências e estórias de praia para recriarem registros fotográficos por meio de intervenções como desenho, pintura, colagem e palavra – mesmo material que deu origem ao projeto Linha de Costa. Ao fim da atividade, os trabalhos serão digitalizados e adicionados ao site do projeto.

Sobre a exposição Linha de Costa

A exposição “Linha de Costa” foi idealizada por Marília Oliveira e Régis Amora – que formam o Descoletivo –, em parceria com Thadeu Dias. Juntos, eles reuniram fotografias, instalação de objetos, desenho, pintura e palavra em obras que discutem o avanço das marés em localidades da orla cearense e sua consequente destruição.

Após um ano de visitas às praias de Iparana, Pacheco, Icaraí e Taíba – no litoral oeste – e às praias de Balbino, Caponga, Presídio e Iguape – no litoral leste – o trio teceu um conjunto de narrativas que misturam dados científicos, memórias de anônimos, autobiografia, apropriação e fabulação, sob a curadoria de Bitu Cassundé.

Assim, “Linha de Costa” pensa um “relicário do presente” das localidades visitadas e aponta para a urgência de um plano político, ambiental e econômico que atue na preservação destas cidades e dos ecossistemas estuarinos, de foz e próximos à costa. A exposição abre caminho para o onírico e a memória destas paisagens, em uma tentativa de guardar imagens que, segundo assinalam pesquisadores da área, tendem a desaparecer nos próximos anos, dado o avanço do mar.

Expandindo o espaço físico, a obra também se desdobra em uma galeria virtual na qual os espectadores poderão fazer upload de fotografias, desenhos, pinturas e imagens diversas que componham suas memórias e experiências relacionadas às praias dialogadas na pesquisa dos artistas.

Sobre a Escola

O Porto Iracema das Artes é uma instituição da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, sob gestão do Instituto Dragão do Mar (IDM). Criada em 29 de agosto de 2013, há seis anos desenvolve processos formativos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Cinema e Teatro, com a oferta de Cursos Básicos e Técnicos, além de Laboratórios de Criação. Todas as ações oferecidas são gratuitas.

Serviço
O quê: “O mar continua lá: oficina de intervenção sobre fotografia”, com Marília Oliveira, Régis Amora e Thadeu Dias
Quando: Terça e Quinta-feira, dias 15 e 17 de outubro, das 18h às 21h
Onde: Ateliê do Porto Iracema das Artes (Rua Dragão do Mar, nº 160 – Praia de Iracema)
GRATUITO
Assessoria de Comunicação Porto Iracema das Artes | Lucas Casemiro
Publicado em 10/10/2019